Ex-jogador e morador de Alphaville Paulo Sérgio conta sobre sua participação no Mundial de 94

Ele é nosso vizinho e participou da seleção que levantou a taça da Copa do Mundo pela quarta vez. Veja mais na entrevista exclusiva!

Paulo Sérgio Silvestre do Nascimento, 49 anos, fez parte da seleção brasileira que levantou a taça da Copa do Mundo pela quarta vez, em 1994. Ele jogava como atacante e participou de apenas dois jogos: contra Camarões e Suécia, ambos na primeira fase. Foram aproximadamente 20 minutos em campo, mas deixou sua marca. “Ser convocado é um privilégio para poucos. Jogar ou não jogar não é importante. O que mais vale é poder contribuir com algo. Acredito que contribuí muito”, conta.

Como foi participar da Copa do Mundo em 1994?
Tinha 24 anos. Para mim foi inesquecível. Minha geração ficou 24 anos sem ver o Brasil ser campeão. Então, poder participar do Mundial, entrar em dois jogos e conquistar o título foi incrível.

Qual foi sua reação ao ser convocado?
Fiquei sabendo da convocação no último instante. Estava no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, indo viajar com a família e um amigo. Foi o pai dele que nos ligou contando da minha convocação. Foi uma emoção só! Minha mãe, esposa e filhos fizeram uma grande festa, lá no aeroporto mesmo. O passaporte da minha mãe até sumiu.

O que deveria ser resgatado do futebol old school?
Na minha geração, a comunicação entre os jogadores era intensa, e isso foi fundamental para mim. Hoje, com a tecnologia, os atletas acabam se isolando muito. Por isso, acho que a comunicação poderia ser resgatada.

Você acha que neste ano o título sai?
Esta seleção é experiente, tem condições de ganhar, mas é preciso cautela.

Quem você levaria para a Copa que o Tite não escalou?
O Rafinha do Bayern de Munique.

Como você vai curtir os jogos?
Se não estiver trabalhando, vou assistir em casa com meus amigos.

Veja o álbum de fotos de Paulo Sérgio:

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Beatriz Bononi

4 programas culturais para fazer em maio

De Peças teatrais a palestras! A VERO, em parceria com o Na.Sala,...
Read More

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *