Meu filho não fala, e agora? Saiba o que é apraxia

Pouco conhecida, inclusive entre os profissionais de saúde, apraxia de fala na infância pode ser tratada e revertida se diagnosticada corretamente

Ilustra-2

“Meu filho, que hoje tem cinco anos, sempre foi um menino superesperto. Mas, aos dois anos, começamos a notar que ele ainda não falava. A fonoaudióloga da escola, depois de uma avaliação, disse que não havia motivos para se preocupar, mas nos orientou a levá-lo ao consultório. Por um ano, tivemos sessões duas vezes por semana. Ele evoluía em tudo, mas a fala não vinha. Ele ficava mais sonoro, mas a fala, efetivamente, não aparecia. Diziam que ele era preguiçoso, que ele tinha tudo muito fácil, etc. Fomos aos melhores médicos que nos indicaram, mas ninguém resolveu”, relata Luciana Tavolari, mãe de Marcus.

Marcus, filho de Luciana, foi diagnosticado com apraxia aos dois anos
Marcus, filho de Luciana, foi diagnosticado com apraxia aos dois anos

Marcus tem apraxia de fala na infância (AFI), patologia rara que atinge 1% das crianças. O problema é pouco conhecido no Brasil, inclusive entre os profissionais de saúde. E o pior: são comuns relatos de diagnósticos errados, como o de Luciana. Segundo Fabiana Collavini, presidente da Associação Brasileira de Apraxia de Fala na Infância (Abrapraxia), há casos de crianças que foram diagnosticadas como autistas, quando, na realidade, tinham apraxia.

Para descobrir o diagnóstico, Luciana recorreu à internet. “Um dia, pela milésima vez, coloquei na internet ‘meu filho não fala’ e achei um texto da Dra. Elisabete Giusti, que também é da Abrapraxia, que relatava exatamente o que os médicos me diziam e alertava que não era nada daquilo. A criança podia ter apraxia”, conta. “Em dois meses de tratamento, o Marcus já começou a falar ‘oi’, ‘ai’, ‘au’”, completa.

Para Luciana, encontrar a Abrapraxia, que é formada por um grupo de mães focadas em divulgar o diagnóstico, foi fundamental. “O desconhecimento dessa questão é impressionante, por isso, estamos tentando atingir o máximo de mães possível, que podem estar pedidas como eu estava, para ajudar nesse diagnóstico”, diz.

ENTENDA O PROCESSO DA FALA:

APRAXIA-2

O que é apraxia de fala na infância?
É um distúrbio motor em que a criança quer falar algo, sabe o que pretende dizer, mas, por uma espécie de “curto-circuito”, a boca não obedece ao comando de fala do cérebro, e os sons não saem. É o profissional da fonoterapia – especialista no assunto – que ensina as crianças com apraxia o caminho para que elas consigam mexer os músculos da boca para falar.

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Thais Sant Ana

Clássico de Alphaville: fundador da Tivolli Sports se orgulha dos 20 anos dedicados ao bairro

Esportes e negócios em família: Franco Tivolli conta a história de uma...
Read More

Deixe uma resposta