Renata Nunes: “O que a tela inicial do seu celular diz sobre você”

Esqueça os encontros com o novo crush ou as mídias sociais. Se você quer aprender mais sobre o comportamento de alguém, o seu celular pode revelar algumas particularidades

tela inicial do celular

Hoje em dia muitas coisas podem trazer informações sobre sua personalidade – o que você usa, que tipo de carro dirige, sua música favorita e até as redes sociais nas quais você passa mais tempo. E todas têm uma coisa em comum: elas são públicas.

Mas e as coisas que não são? Elas podem ser interpretadas como uma “janela secreta” de suas particularidades?

Isso é o que vamos descobrir através de um estudo realizado pelo psicólogo clínico dr. Bob Montgomery. Ele diz: “Sempre que fazemos algo criativo – e você essencialmente criou sua própria tela inicial através das opções disponíveis –, isso conta um pouco sobre nós”. E adverte sobre levar essa pesquisa a sério: “É preciso conhecer o proprietário do celular para tirar conclusões mais confiáveis”.

Não são só os aplicativos no seu celular (leia também: 10 aplicativos gratuitos para melhorar sua vida) que podem trazer informações sobre nosso comportamento, mas como os aplicativos são organizados (por código de cores, vinculados tematicamente, dispersos aleatoriamente), dizem muito sobre seu proprietário, assim como a imagem de fundo.

Se você é do tipo “eu configuro depois” com aplicativos na tela inicial de acordo com a sequência em que foram instalados, provavelmente não fica preso nos pequenos detalhes e tem facilidade em tarefas criativas, mas na hora do planejamento e organização, você pode sentir alguma dificuldade.

Agora se, pelo contrário, a tela de fundo de seu celular estiver configurada com imagens de padrões estéticos ou aplicativos organizados por temas através de inúmeras pastas, organização é o seu ponto forte e, com certeza, tudo deve estar em seu devido lugar antes de iniciar qualquer trabalho ou tarefa.

O estudo vai um pouco além e traz uma análise por faixa etária e conclui que adolescentes com até 14 anos ou pessoas que são extremamente adeptas às novas tecnologias, geralmente não dispõem na tela principal do ícone utilizado para fazer ligações porque dificilmente consideram relevante o contato por telefone. Isso é realmente uma mudança e tanto!

Quem diria que após alguns anos de evolução dos smartphones, ligar para alguém, seria considerado a última opção para um celular?

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Renata Nunes

Renata Nunes: “Os anúncios te perseguem na internet?”

Não, você não está sendo “invadido”, isso se chama Remarketing! Aprenda como...
Read More

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *