Saiba porque a saúde vascular merece sua atenção

Mesmo que não tenha nenhuma doença aparente, é muito importante se consultar com um médico vascular. Confira a coluna do Dr. André Castro, cirurgião vascular. #Publipost

beach-2090091_1920

Embora não sejam tão frequentes como o check-up cardiológico ou ginecológico, algumas das principais doenças vasculares devem ser lembradas em cada fase da vida ou na presença de casos na família. Nas mulheres, partir da adolescência, podem surgir as primeiras telangiectasias (vasinhos) e até mesmo pequenas varizes. Nessa fase, embora possível, não costumamos intervir para retirá-las. Somente orientação, sobretudo sobre o uso de contraceptivos , que podem aumentar o problema. Na fase adulta, homens e mulheres já podem apresentar sintomas de dor e inchaço nas pernas, podendo ou não ser associados a varizes. Algumas doenças devem ser pesquisadas como alterações renais, hepáticas ou de tireoide, além das próprias varizes através do exame clinico ou do eco-doppler. A partir dos 50 anos, as doenças arteriais começam a ganhar importância, sobretudo se a pessoa for tabagista, diabética ou hipertensa. Dor nas pernas ao andar costuma ser o principal sintoma. Os aneurismas também devem ser pesquisados, principalmente se houver história na família. E por fim, a aterosclerose nas artérias carótidas deve ser lembrada visto ser uma doença silenciosa e com potencial para causar o derrame (AVC). Com isso, observamos a importância consultar um médico vascular , mesmo que não haja nenhuma doença aparente. Aqui vale o ditado: Prevenir é o melhor remédio!

Dr

Dr. André Castro é cirurgião vascular e sócio da Nunes Clínica.
CRM-SP 94098 atendimento@nunesclinica.com.br

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

3 iniciativas para praticar nas cidades

Um microjardim dentro do supermercado, robô que entrega pizza e um estúdio...
Read More

Deixe uma resposta