Wilson Medeiros: “Procura-se: profissional multicultural”

Para as empresas, esse tipo de colaborador funciona como uma espécie de coringa, muitas vezes escalado para resolver trâmites e negociações que exigem traquejo social e diplomacia

Não basta ter experiência. Ser multicultural é fundamental. O mercado de trabalho tem mudado sua forma de perceber e absorver novos profissionais. Se há algum tempo, talvez há uma década, a principal exigência do candidato era um currículo potente, atualmente, valoriza-se mais o repertório e a formação multicultural. 

Com talentos especiais em apreensão de novas culturas e forte tendência a um espírito cosmopolita, o profissional multicultural está cada vez mais disputado. Esse  perfil costuma transitar em ambientes executivos e corporativos, onde precisa se relacionar com todo tipo de gente, muitas vezes dentro ou fora do país. Sua linguagem se adequa a cada meio onde está inserido, e sua bagagem de experiências e conhecimentos fica evidente durante sua fala. 

Independentemente da área ou segmento em que atua, o profissional multicultural é aquele que possui a habilidade de conversas sobre os aspectos dessas outras culturas, demonstrando conhecimentos diversos sobre elas. Ou seja, não é aquele cara que fica fechado no seu “mundinho”. Ser um profissional multicultural é apresentar-se como um indivíduo aberto, atualizado e sintonizado com as constantes mudanças do cenário social. Para isso, é preciso ler muito, viajar, acompanhar cinema, exposições de arte, conversar com todo tipo de gente. 

Para as empresas, esse tipo de colaborador funciona bem como uma espécie de coringa, muitas vezes escalado para resolver trâmites e negociações que exigem traquejo social e diplomacia. Mas o profissional multicultural não está apenas nas altas posições. Nos ambientes menores ou mais direcionados, esse profissional comumente assume uma posição mais diplomática, ajudando a integrar diferentes tipos de pessoas. É ao se tornar essa espécie de elo de ligação, que percebe-se uma forte tendência para a liderança de equipes.

A principal vantagem de um profissional multicultural é demonstrar a capacidade de ver  o mercado a partir de uma perspectiva mais ampla, o que garante a criação de melhores estratégias e, claro, melhor relacionamento interpessoal. Além disso, mostrar-se resiliente e dedicado às causas da empresa, é um atributo fundamental para quem deseja se destacar no acirrado mercado de trabalho.

 Portanto, considere bastante o seu perfil e procure se enquadrar minimamente como um profissional multicultural, a fim de atingir novos horizontes na sua profissão. O profissional multicultural tem um olhar observador e analítico, que apreende fácil uma nova informação e assimila com tudo que já viu e viveu. Não se trata apenas de falar um idioma diferente ou até mesmo se mudar para outra cidade ou país a trabalho. Ser multicultural já é praticamente um estilo de vida.

 Avaliando bem sua trajetória, você seria capaz de dizer que é um profissional multicultural? Se não, procure identificar aquilo que falta na sua bagagem e vá em busca das soluções. Aproveite também para aprimorar todas aquelas habilidades desse modelo e conquistar um “mundo multicultural” de possibilidades.


 

Gostou? Leia mais artigos de Wilson Medeiros aqui!

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

Há vagas por aqui

A região de Alphaville conta apenas com empresas de serviços e vagas...
Read More

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *