3 perguntas para Rubens Furlan

Em abril, o prefeito de Barueri completou os 100 primeiros dias do novo mandato. Confira o balanço desse período

prefeito-furlan.-ZG-8
Crédito: Zé Gabriel

Saúde, educação e segurança foram as frentes escolhidas como principais a serem trabalhadas neste mandato. Elenque uma melhoria em cada uma delas que pode ser vista nestes 100 primeiros dias.

Na segurança: fizemos do primeiro bimestre de 2017 o mais seguro em cinco anos em Barueri (com 26% menos crimes contra o patrimônio do que a média dos quatro últimos anos, segundo estatísticas da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo). Isso graças à reativação das câmeras de vigilância, à instalação da Ronda Ostensiva Municipal (Romu)/unidade da Guarda Municipal – que age diretamente nos locais com maior incidência de delitos – e à escalação de cem agentes nas ruas por período. Na saúde, a recuperação começa pelo Hospital Municipal de Barueri, que está em fase de transição para uma nova organização gestora e deve retomar a capacidade máxima de cirurgias diárias nos próximos dias. Na educação, quatro dos 30 maternais que compõem a rede de ensino já estão funcionando com administração terceirizada (com supervisão da Secretaria de Educação), e esse número deve aumentar. Os serviços terceirizados permitem a redução dos custos por parte da Prefeitura, além da garantia de um trabalho melhor, pois oferecem disciplinas diferenciadas, como judô, ballet e capoeira.

Para Alphaville, uma das principais propostas era a retomada de obras embargadas. A previsão atual é que a Via Parque será finalizada em dezembro de 2017. E quanto ao viaduto sobre a Araguaia? Qual o status atual?

Na Via Parque, as obras estão em fase de terraplenagem em alguns pontos, mas prontas em outros. O prazo previsto é dezembro, mas a Prefeitura trabalha com a possibilidade de acelerar e terminar antes do previsto. Os impactos no trânsito devem ser amenizados com a conclusão das obras da Via Parque e do viaduto sobre a Araguaia. A obra do viaduto sobre a Araguaia foi retomada com a retirada de fios pela AES/Eletropaulo. A fiação passa a ser subterrânea. Paralelamente a isso, a construtora já executa trabalhos voltados à parte de vigamento e tubulões. A Prefeitura trabalha para concluir essa obra no ano que vem.

Que balanço faz dos primeiros 100 dias de mandato?

Estes primeiros 100 dias de 2017 foram importantes para “colocar a casa em ordem”. Organizamos as finanças com a diminuição de custos e renegociação de contratos. Recuperamos a capacidade de investimento, o que nos permitiu retomar 15 obras paradas e iniciar outras quatro. O ritmo de trabalho vai aumentar nos próximos 100 dias.

Veja também:

3 perguntas para Elvis Cezar 

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Thais Sant Ana

Meu filho não fala, e agora? Saiba o que é apraxia

Pouco conhecida, inclusive entre os profissionais de saúde, apraxia de fala na...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *