5 dicas para cuidar dos rins

Dia Mundial alerta para necessidade de prevenção e diagnóstico precoce das doenças renais

Os rins têm papel fundamental para nossa saúde. São os órgãos responsáveis por limpar as toxinas do corpo, equilibrar a quantidade de sais e líquidos, além de regular a pressão arterial e produzir hormônios que ajudam a evitar a anemia e doenças nos ossos. Apesar de sua importância, nem sempre damos a devida atenção para manter o bom funcionamento do órgão. O Dia Mundial do Rim, celebrado este ano em 12 de março, alerta para um dos cuidados básicos que devem ser incorporados à rotina de saúde: o exame que mede os níveis de creatinina no sangue.

Esse exame, simples e acessível, contribui para o diagnóstico precoce de doenças renais. “Quanto mais cedo o problema for diagnosticado, maiores são as chances de evitar a progressão e a necessidade de tratamento com diálise ou de um transplante”, afirma o médico nefrologista Bruno P. Biluca, da Fenix Alphaville.

Isso porque a doença renal crônica é silenciosa, ou seja, quando os sintomas aparecem, geralmente, já está em um estágio avançado. Estima-se que uma a cada dez pessoas tenha problemas renais, e a maioria desconhece essa condição. Hoje, quase 130 mil brasileiros dependem de máquinas para fazer o trabalho que os rins já não fazem mais, segundo dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN).

Confira abaixo cinco dicas valiosas de Biluca para preservar a saúde renal.

1. Beba água

Manter o corpo hidratado é essencial para os rins funcionarem bem. Tomar água faz com que o processo de filtragem ocorra adequadamente e o órgão não seja sobrecarregado. Por outro lado, a urina concentrada, além de comprometer as funções renais, favorece o aparecimento de infecções urinárias e a formação de cálculos. Mas não é preciso exagerar. A quantidade varia de pessoa para pessoa, mas fica em torno de dois a três litros por dia. O recomendado é tomar, em média, 35ml de água por quilo de peso corporal diariamente. Para calcular, basta fazer uma conta simples, multiplicando o peso por 35. Assim, o ideal para uma pessoa que pesa 72 quilos, por exemplo, é tomar 2.520ml, ou cerca de 2 litros e meio de água por dia, lembrando que é bom reforçar a dose nos dias mais quentes ou após exercícios físicos, quando aumenta a transpiração e, consequentemente, a perda de líquidos.

2. Tenha uma rotina saudável

Fazer exercícios físicos regularmente e ter uma alimentação equilibrada contribuem para a saúde em geral, prevenindo vários fatores de risco associados às doenças renais, como a obesidade, o diabetes e a hipertensão. Pesquisas científicas mostram que uma simples caminhada de uma a duas vezes por semana beneficia o sistema imunológico, reduz infecções e traz enormes ganhos para a qualidade de vida de doentes renais. Na alimentação, o ideal é dar preferência aos alimentos naturais e não exagerar no consumo de proteína animal.

3. Menos sal e açúcar

O consumo de sal em excesso vem sendo associado pelos órgãos de saúde ao aumento expressivo na incidência de várias doenças crônicas no Brasil, incluindo aí a insuficiência renal crônica. Os brasileiros consomem uma média de 12 gramas por dia, mais do que o dobro do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), boa parte “escondidos” em alimentos industrializados. “O sódio é um mineral essencial. O problema está no exagero, que provoca um desequilíbrio e prejudica a saúde, afetando o coração e os rins, que têm de trabalhar mais e acabam sobrecarregados”, esclarece o médico Bruno P. Biluca. O mesmo acontece com o açúcar. Em doses adequadas, fornece energia e contribui para a produção da serotonina, que traz sensação de bem-estar. Quando a dose passa dos limites, no entanto, desregula a produção de insulina e provoca ganho de peso. O melhor é optar por ingerir o açúcar contido nas frutas e nos alimentos integrais.

4. Controle o diabetes e a hipertensão

Diabéticos e hipertensos estão entre os principais grupos de risco para a doença renal crônica. Por isso, é muito importante prevenir essas doenças e manter os níveis de glicose no sangue e a pressão sob controle. Quem tem casos na família, deve redobrar a atenção, tanto no diagnóstico quanto no acompanhamento médico e comprometimento com o tratamento indicado quando for o caso. Outro fator de risco associado é a obesidade, já considerada uma epidemia mundial. Obesos têm duas vezes mais chances de se tornarem hipertensos e boa parte deles acabam desenvolvendo o diabetes tipo 2.

5. Faça exames regularmente

O exame de urina tipo 1 e a dosagem de creatinina no sangue devem fazer parte da rotina anual de saúde. Simples e acessíveis, eles ajudam a identificar precocemente problemas nos rins. O teste de urina, por exemplo, pode mostrar a presença de sangue ou de proteínas, enquanto o de sangue avalia os níveis de creatina e de ureia, substâncias que, em excesso, mostram que a filtração não está sendo feita adequadamente pelo órgão. Portanto, ao realizar seus exames preventivos, não deixe esses de fora.

Sobre a Fenix Alphaville

Inaugurada em 2018, a Fenix Alphaville é especializada em doenças renais, oferecendo uma experiência inovadora em hemodiálise e atendimento médico de excelência, em um ambiente hospitalar seguro e com padrão premium, de hotelaria 5 estrelas. Os tratamentos são orientados pelas mais modernas técnicas em nefrologia e prescritos de forma individualizada por uma equipe de médicos especialistas, com apoio multidisciplinar de psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e fisioterapeuta. Entre os diferenciais, estão a hemodiafiltração, que reduz efeitos colaterais, suítes para o tratamento noturno, spa, lanche preparado por chef, transporte Leva e Traz e heliponto. A clínica faz parte da Rede Fenix de Nefrologia, que atua há 23 anos na área, e está localizada em Alphaville, Barueri-SP.

Compartilhe
Leia mais de Gabriela Ribeiro

Black Friday Alphaville: 6 promoções para você aproveitar já

O dia com os maiores descontos do ano chegou: selecionamos as melhores...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *