A capa da VERO: como foi feita?

Diferentona e que desperta interpretações. Descubra como foi o processo de produção

Uma banana e um papel colorido. Estes foram os únicos materiais necessários para criar a capa da edição de dezembro da VERO. Uma solução simples, mas carregada de símbolos. Tudo começou com uma banana pintada de ouro. Que, dê cara, remetia para alto custo. Mas o objetivo principal era trazer ao leitor uma imagem que permitisse diferentes interpretações e não entregasse o jogo. Foram, então, horas e horas de reuniões, debates e referências – entre o time da VERO e o diretor de arte Fábio Dias, que ficou responsável pela produção desta capa. Até que surgiu a ideia: e se a banana, ao invés de ouro, fosse estampada com o logo de uma grife famosa? Assim encontramos uma forma de despertar a dúvida no leitor. Depois de tiradas, a foto passou por tratamento na cor e no fundo, para deixá-la ainda mais viva e bonita. Abaixo, nossa escolhida e quatro outras versões que não “passaram no teste”. E você, ficou curioso para saber ‘Quanto custa viver em Alphaville?’, confira a resposta aqui:

15326228_1138840949567218_7256581570574272612_o

vr204_capa_quanto_custa_ideias_pagina_01vr204_capa_quanto_custa_ideias_pagina_16

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Beatriz Bononi

9 psicólogas de Alphaville dão dicas para cuidar da saúde mental

Terapia regressiva, psicoterapia e muito mais. Reunimos aqui dicas de nove psicólogas...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *