Alphaville Empresarial: bom para os negócios, bom para a carreira

O que é que Alphaville tem para atrair grandes empresas e, consequentemente, ótimas oportunidades de trabalho? Os ingredientes não são fáceis de se conseguir, e reunir todos eles é mais difícil ainda.

Foto: Uelson Henkell

Dois bilhões e meio. Esse é o valor que a Kavak, plataforma mexicana de carros usados, deve investir em Barueri até 2022. A empresa está abrindo operações no Brasil e é mais uma das grandes marcas que escolheu a cidade como sede – além de abrigar um mega centro automotivo, que vai contratar mil funcionários até dezembro deste ano, e deve ficar, de acordo com a Prefeitura de Barueri, no antigo galpão da Tok&Stok, na entrada para a Aldeia da Serra, à beira da rodovia Castelo Branco.

Mas essa é só a mais recente a chegar por aqui. Não é novidade que as grandes veem na região todos os atributos que as fazem se sentir em casa. Anota aí: tributação diferenciada (em Barueri, é praticada a alíquota mínima do Imposto Sobre Serviço de 2%), localização estratégica (próxima a capital e às principais rodovias do estado), boa infraestrutura e imóveis com preços competitivos formam o “kit-desejo” de qualquer companhia. “Somos um polo empresarial diversificado e o município ainda oferece as condições mais favoráveis possíveis para quem chega”, conta o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho de Barueri, Joaldo Macedo Rodrigues (Magoo), que ainda faz um trabalho de prospectar potenciais interessados em abrir ou transferir sua empresa para cá.

Decolar.com e Netflix, por exemplo, são duas gigantes que chegaram nos últimos anos em Alphaville e que foram frutos destas negociações. Já no clube dos veteranos, podem ser citadas empresas como Hewlett-Packard (HP), que foi a primeira a chegar por aqui, em 1975, C&A, Mc Donald’s, Smiles, Cielo e Chilli Beans – confira aqui uma lista com algumas das grandes marcas que estão na região.

Por sinal, a Smiles, programa de fidelidade da Gol Linhas Aéreas, está no bairro há sete anos e destaca justamente o combo completo que a região tem. E mais: “Temos acesso a uma ótima rede de lojas e restaurantes, estrutura comercial, com shoppings, hotéis, além de serviços como escola de idiomas, faculdades e supermercados. Também temos a disposição uma boa infraestrutura de saúde e mão de obra local”, conta Daniel Ravagnani, gerente de RH da Smiles. A empresa está fisicamente em dois andares de um edifício na Alameda Rio Negro, com 172 colaboradores.

Já para a marca holandesa C&A, que é uma das maiores redes de lojas de departamento do Brasil, a localização é o que fez diferença na escolha da sede. “Alphaville foi escolhida estrategicamente. Aqui está um importante centro comercial e empresarial, concentrando negócios de diferentes segmentos devido a sua localização privilegiada, a 30 km da capital paulista, sendo cortada por importantes rodovias, como a Castelo Branco e pelo trecho oeste do Rodoanel Mário Covas”, diz a empresa em nota. Isso pesa mais para a companhia porque, além do escritório central, fica em Barueri um centro de distribuição e três lojas físicas, sendo a primeira delas inaugurada em 2003 no Shopping Tamboré.

Conhecedor da história e da essência do bairro, Leonardo Cunha, gerente geral da Associação Residencial e Empresarial Alphaville (AREA), ainda acrescenta ao “kit-desejo” o planejamento urbano e a segurança daqui. “Alphaville tem amplas alamedas em pistas duplas e um regulamento de construções e de uso dos imóveis que organizaram a ocupação. Os cuidados com a manutenção dos jardins e limpeza e a segurança ostensiva também fazem muita diferença. Com certeza, o bairro seguirá atraindo novas empresas”, diz ele.

Novo Vale do Silício?

Enquanto negócios são transferidos para a região e outros são abertos – de janeiro até o dia 21 de julho, foram abertas 8.332 empresas só em Barueri –, alguns segmentos têm se destacado. Afinal, você já ouviu alguém comparando Alphaville ao Vale do Silício? Localizado na Califórnia, Estados Unidos, a região abriga muitas startups e empresas globais de tecnologia, como Apple, Facebook e Google. No primeiro momento, você pode até achar a associação um tanto engraçada, mas saiba: ela tem sentido.

Já é sabido do potencial da região para o comércio e para o setor de serviços. De acordo com o estudo anual elaborado pela Urban Systems, Barueri é a melhor cidade do país para investir no comércio, a segunda para investir no setor de serviços e a décima no mercado imobiliário. Mas as atividades na área de tecnologia têm sido uma grata surpresa. Segundo dados da prefeitura, setores como análise e desenvolvimento de sistemas, consultoria e assessoria em informática, instalação de redes, programação, entre outros, acumularam no semestre 4.114 novas empresas.

“O ramo de tecnologia da informação é o que mais cresce em nosso município. Por isso, muitos associam a região ao Vale do Silício”, explica a Secretaria de Comunicação de Barueri.

Ao todo, o município possui 37.418 estabelecimentos empresariais cadastrados. E estima-se que cerca de 2.800 vagas de empregos foram criadas com a vinda das novas. Além da recém-chegada Kavak, empresas que operam no mercado de bitcoin e outras já estão em negociação.

Um lugar para fazer carreira

Sim, Alphaville é um lugar para construir uma carreira de sucesso e quem é daqui já sabe disso. Em uma pesquisa feita pela VERO com mais de 200 moradores da região, mais de 70% disseram trabalhar no bairro, 11,32% em São Paulo, 5% em outras cidades e 7% afirmaram não estar trabalhando. Na ordem, qualidade de vida, menor deslocamento, menos estresse, menos trânsito e menos gastos são as maiores vantagens de morar e trabalhar no entorno. Dos que não trabalham na região, 13% não encontraram oportunidades por aqui e 7% não estão procurando trabalho no bairro.

Os números positivos da pesquisa VERO coincidem com os dados do município: Barueri é a segunda cidade que mais gerou empregos, atrás somente da capital paulista. No ranking nacional é a 9ª colocada, além de 1ª na região oeste da Grande São Paulo. No acumulado de janeiro a junho de 2021 foram 12.688 novos postos de trabalho.

Esses dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do recém-recriado Ministério do Trabalho e Previdência. Para o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho de Barueri, Magoo, esse é o resultado de um trabalho em conjunto com o setor privado, considerando os incentivos aos novos empreendimentos, além dos investimentos na formação e requalificação de mão de obra.

A Associação Comercial e Industrial de Barueri (ACIB) destaca justamente o trabalho de incentivo às empresas a contratarem colaboradores que moram no entorno. “Oferecemos até recrutamento e seleção para ajudar as associadas a encontrem mão de obra local. Além disso, realizamos um intermédio entre os negócios e o poder público para que ofereçam cursos e capacitações especificas para atender as demandas do empresariado”, explica Moacyr Felix, presidente da instituição.

Segundo a Smiles, 35% dos funcionários são da região – e que em todos os processos seletivos a empresa busca incluir candidatos que moram por aqui. “Acreditamos que é nosso papel valorizar os profissionais que moram próximo a nossa sede, pois além de ser mais fácil o acesso do colaborador, também incentivamos o crescimento e desenvolvimento das pessoas e consequentemente da região”, diz o gerente de RH, Daniel Ravagnani.

Já a Alelo, empresa de benefícios em cartões e soluções empresariais, tem uma cultura de fronteiras mais abertas. “Contratamos profissionais em todo o Brasil, pois temos vagas que atuam 100% home office, principalmente nas áreas comercial e tecnologia. Para áreas corporativas, nossa política é de três vezes por semana em casa e duas vezes no escritório e temos muitos profissionais que residem aqui na região, como em Barueri, Santana de Parnaíba, Jandira, Osasco e até mesmo Jundiaí, Valinhos e Socoraba”, conta Soraya Bahde, diretora de gente e transformação.

Agora, se você é uma das pessoas que está em busca de uma recolocação no mercado, fica aqui o convite: fique de olho no site e nas redes sociais da VERO. Serão divulgadas por lá as vagas abertas em Alphaville e região: vero.com.br e @veroalphaville.

PESQUISA VERO – levantamento com mais de 200 moradores da região no mês de agosto

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Gabriela Ribeiro

Anna Pegova lança nova máscara clareadora e anti-idade para o contorno dos olhos

O Contour Des Yeux BC (Biocelulose), da Anna Pegova, é rico em...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *