7 dicas infalíveis de português

Exitar ou hesitar? Às vezes, bate uma dúvida, não é mesmo? Mas para descomplicar tudo, confira as dicas da Suely Marassi para não errar mais!

1. Estiver / Tiver

Incorreto: Quando tiver na rua, tenha cuidado com o trânsito.
Correto:   Quando estiver na rua, tenha cuidado com o trânsito.

Regra –  Não confunda: tiver / tivesse  com  estiver / estivesse.

TIVER e TIVESSE – verbo TER. Podem ser substituídos por houver / houvesse.
Ex.: Quando ele tiver (houver) saído de casa…  /  Se ele tivesse (houvesse) saído mais cedo….

ESTIVER e ESTIVESSE – verbo ESTAR.
Ex.: Quando estiver satisfeito, saia da mesa. (estar satisfeito)
Se estivesse naquele local, saberia o que aconteceu. (estar em algum lugar)

2. A  gente  fomos / A  gente  foi

Incorreto: No sábado, a gente fomos ao cinema.
Correto:   No sábado, a gente foi ao cinema.

Regra – Quando utilizamos a locução pronominal a gente, queremos dizer nós. Deverá ser conjugada na terceira pessoa do singular.
Ex.:  A gente não vai ao cinema. Nós não fomos ao cinema.
A gente já falou sobre isso. Nós já falamos sobre isso.

Lembre-se:

Quando utilizamos o substantivo comum agente, queremos dizer uma pessoa que faz alguma coisa, ou seja, o agente da ação. Pode indicar também uma pessoa que administra uma agência, um agente secreto ou um guarda policial.

Ex.: O agente da polícia perseguiu o bandido. Ninguém conhece o agente secreto.

Mais um lembrete:  a gente – linguagem informal (coloquial) – fala nós – linguagem formal (norma culta) – escrita

3. De menor / Menor

Incorreto: Por ser de menor, não foi preso.
Correto:   Por ser menor, não foi preso. (menor de idade)

Regra – Não se usa a preposição “de” nessa expressão.

Observação: Ex.: Ele atingiu a maioridade quando completou 18 anos. Portanto, ele é maior de idade.

4. Fora se si / Fora de mim

Incorreto: Fiquei fora de si ao presenciar aquela cena.
Correto:   Fiquei fora de mim ao presenciar aquela cena.

Regra – Os pronomes combinam entre si.

Ex.: Ele ficou fora de si. Nós ficamos fora de nós.

 5. Acredito de que / Acredito que

Incorreto: Acredito de que 2017 será um ano melhor.
Correto:   Acredito que 2017 será um ano melhor.

Regra – Não use a preposição “de” antes de “que”
Ex.: Penso que ele é inteligente.
Julgo que essa situação ficará resolvida.

6. Certeza que / Certeza de que

Incorreto: Temos certeza que o XVII Conec foi um sucesso!
Correto:   Temos certeza de que o XVII Conec foi um sucesso!

Regra – Para fazer a relação entre nomes e complementos, é necessário empregar     alguma preposição. O substantivo “certeza”, por exemplo, requer a preposição “de”. (afinal, temos certeza “de” alguma coisa)

7. Exitar / Hesitar

Incorreto: O corretor de seguros falou sem exitar.
Correto:   O corretor de seguros falou sem hesitar.

 Regra – Hesitar é um verbo que significa “estar em dúvida”. Não existe a palavra “exitar”, que geralmente é confundida com o substantivo “êxito”.
Ex.: O gerente da empresa teve êxito no projeto de vendas.

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Suely Marassi

À partir de ou a partir de? Confira 6 dicas da professora Suely Marassi

Dúvidas de português sempre surgem na caixola. Nossa colunista ajuda a desvendá-las....
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *