Além de materiais para drywall e forro, GypCenter Barueri trabalha com novo sistema Steel Frame

Muito comum no exterior, as casas pré-fabricadas de aço são o futuro da construção civil

Com projetos personalizados, o novo sistema de Light Steel Frame é uma das soluções oferecidas pela GypCenter Barueri. Muito comum no exterior, as casas pré-fabricadas de aço são o futuro da construção civil, pois oferecem uma solução ecológica, com menos impacto ambiental, e confortável com alta rapidez de entrega. Mas o que são casas pré-fabricadas de aço? Feitas sob medida com estruturas de aço galvanizado (light steel frame), as casas pré-fabricadas de aço oferecem ampliação no espaço interno da obra e um ótimo desempenho acústico. Pronta em poucos dias e quase sem geração de resíduos ou uso de água, o sistema chama atenção pela sustentabilidade e velocidade das obras.

Vale lembrar o custo-benefício: são até 30% mais baratas do que as construções convencionais, pois evitam o desperdício de material e dispensam os gastos a longo prazo com mão de obra. Em segundo lugar, o aço do material é 100% reciclado, ou seja, bem mais ecológico do que a alvenaria. Mesmo assim, a procura ainda é baixa no Brasil, seja pela cultura ou desconhecimento. De acordo com o Relatório “Prefabricated Building Market in Europe – Industry Outlook and Forecast 2021-2026” (“Mercado de Construções Pré-Fabricadas na Europa – Análise de Mercado e Previsão 2021-2026”, em tradução livre), o mercado de construções pré-fabricadas de aço espera um crescimento de aproximadamente US$ 3 bilhões até 2026. Além disso, o relatório confirma que as estruturas de aço galvanizado resistem à força do vento, da maresia e até mesmo dos terremotos.

Outro benefício das casas pré-fabricadas de aço são os processos mais limpos, pois geram menos resíduos do que construções em alvenaria. Segundo a PHD em Engenharia Civil e professora da Universidade Federal Fluminense, Iza Valadão, a conscientização é fundamental para evitar desperdícios na construção civil. Para ela, “o setor é o que mais impacta negativamente o meio ambiente no mundo. No Brasil, mais da metade do lixo que jogamos fora é entulho e cerca de 20% desse volume sequer foi usado”, disse a especialista em depoimento ao canal de Instagram da Feicon, a maior feira para o setor de construção da América Latina. Portanto, o futuro da construção civil é, sem dúvida, sustentável. Não é à toa que a proposta das principais revoluções do mercado possuem uma preocupação extra com o meio ambiente, como por exemplo as casas pré-fabricadas em aço. E aí? Apostaria nesse modelo de construção?

Saiba mais!

Rua Ártico, 26, Jd. Regina Alice, Barueri, (11) 99698-0999, @gypcenter.barueri

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

Segundo CAGED, Santana de Parnaíba foi a terceira cidade que mais gerou emprego no Estado

Cidade também ocupa a primeira colocação entre os municípios da região metropolitana...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *