Joara Chaves

A jogadora é recordista brasileira em participações em olimpíadas de xadrez

persona-xadrex-zg-10“Aceitar um resultado que não era o esperado e saber lidar com os erros.” Para Joara Chaves, de 54 anos, esse foi o maior aprendizado que o xadrez lhe trouxe. O primeiro contato dela com o esporte foi quando ainda era criança. Ela viu o pai jogando com os dois irmãos mais velhos, Jaime e Jussara, e, claro, quis fazer parte da brincadeira. A partir daí, a coisa foi ganhando volume: “Começamos a jogar na escola e logo estávamos competindo profissionalmente. Passamos a nos enfrentar em campeonatos, e, às vezes, um tirava o título do outro”, diverte-se.

Diferentemente dos irmãos, que conciliaram o esporte a outra profissão, Joara dedicou a vida ao xadrez. Ela até formou-se em economia, em 1985, mas, no mesmo ano, ganhou o título de Mestre Internacional Feminino – e acabou não atuando como economista. Dezenas de títulos ainda vieram a seguir: estaduais, nacionais e internacionais. Ela é recordista brasileira em participações em olimpíadas de xadrez (foram 15 vezes). A última foi em 2014, quando se tornou campeã Pan-Americano Sênior. “Agora quero conquistar o mundial sênior. Também seria lindo e emocionante se o xadrez entrasse nos Jogos Olímpicos e eu participasse”, diz.

Compartilhe
Leia mais de Gabriela Ribeiro

Neste sábado (25) tem bazar de Natal das mães especiais na APAE Barueri

Serão 30 expositoras com artesanatos, telas, roupas, brinquedos, pães artesanais e muito...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *