Conheça Marcos Eituts: chef de cozinha, dono de cinco restaurantes na região e paraquedista

O empresário salta, pelo menos, três vezes no mês em Boituva, no interior de São Paulo, e garante: “É uma experiência surreal!”

São 40 segundos de queda livre até abrir o paraquedas. A adrenalina vai a mil, e é preciso concentração, técnica e coragem para realizar um salto com sucesso. Morador de Alphaville, Marcos Bosniac Eituts, 40 anos, sabe bem disso tudo. O primeiro salto foi aos 19 anos, e ele nunca mais parou. “Lembro-me de ter sentido muito medo, e tenho até hoje, mas, logo que saí dali, comecei a fazer o curso para saltar sozinho”, conta.

Nesses 21 anos de paraquedismo, Marcos já participou de alguns campeonatos de free flight – modalidade de voo livre – e, em todos, esteve no pódio. No total, já são mais de 500 saltos, e hoje o esporte é um hobby, que, segundo ele, “funciona como uma válvula de escape para a minha rotina corrida”. O empresário é chef de cozinha e dono de cinco restaurantes em Alphaville e região. Sua relação com a gastronomia começou aos 15 anos, quando trabalhava no restaurante do pai. “Depois aprendi com grandes chefs, como Alex Atala, e fui chef no Grande Hotel de Águas de São Pedro. Dei aulas por 12 anos e, nessa mesma época, abri meu primeiro restaurante. Tinha 25 anos. Parei de lecionar para focar o lado empresário. Hoje fico só no escritório, mas estou sempre preparado para entrar na cozinha em momentos críticos.” Mesmo com o dia a dia agitado, o chef não deixa de praticar sua grande paixão. “Salto umas três vezes no mês. Quem nunca saltou precisa fazer isso pelo menos uma vez na vida. É surreal.”

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de Beatriz Bononi

4 programas culturais para fazer em São Paulo neste mês

Procurando programas culturais para fazer em abril? Prepare a agenda e aproveite...
Read More

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *