Vanessa Gebrim: “Os efeitos do isolamento do COVID-19 e seu impacto na saúde mental”

A solidão, quando decorrente do isolamento social, pode provocar uma elevação dos índices de cortisol – o hormônio do estresse – e esse aumento pode até representar risco de desenvolvimento de doenças

 

A humanidade está enfrentando um dos maiores desafios de todos os tempos e a forma mais eficaz contra o avanço da doença tem sido o confinamento. Entretanto, este confinamento pode gerar um sentimento de incerteza, tédio e, muitas vezes, angústia nas pessoas. Quanto mais longo o isolamento, maiores são os efeitos à saúde mental.

Quando estamos confinados, perdemos a nossa rotina, diminuímos a nossa atividade física e, alguns casos, apresentamos alguns sintomas como ansiedade, pânico, depressão, irritabilidade, angústia, insônia e estresse pós-traumático.

A solidão, quando decorrente do isolamento social, pode provocar uma elevação dos índices de cortisol – o hormônio do estresse – e esse aumento pode até representar risco de desenvolvimento de doenças, inclusive cardiovasculares e obesidade, pois as pessoas ficam mais sedentárias e sua ansiedade as leva a comer em excesso.

A sobrecarga de informações sobre a pandemia, disponíveis em todos os meios de comunicação, incluindo as fake news, pode inclusive agravar esse impacto psicológico nas pessoas, elevando a ansiedade. Este quadro até ganhou nome pela Organização Mundial da Saúde: Infodemia.

Além disso, a dinâmica das famílias é alterada pela nova situação, onde todos membros da família passam a ter um convívio mais intenso e necessitam rever suas rotinas.

É momento de nos unirmos e sermos mais solidários, menos individualistas e praticarmos a compaixão, então por que não aproveitar e começar agindo dentro da nossa casa com nossos familiares!

O apoio do terapeuta nessa fase é extremamente importante para buscar o equilíbrio emocional, sendo a prática regular de terapia muito recomendada, inclusive a abordagem de reprocessamento chamada EMDR – Eye Movement Desensitization and Reprocessing, que ajuda no tratamento de traumas, combatendo os sintomas decorrentes desse período, para que eles não evoluam para quadros mais sérios.

Estejam certos que esse momento vai passar e que logo estaremos podendo nos abraçar novamente!

Vanessa Gebrim, psicóloga especialista pela PUC -SP com mais de 20 anos de experiência clínica em atendimentos a todas as idades. CRP 06/54068-9

Atendimento online durante a pandemia

Consultório: Alameda Grajaú, nº 98 – sala 1108, Edifício Pravda, Alphaville

email: vanessagebrim18@gmail.com

website: vanessagebrim.com.br

cel: 99733-2998

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

Chef Ester Milone lança e-commerce e o serviço de delivery em Alphaville

Os pedidos agora são feitos pelo site e entregues no endereço do...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *