“Sempre priorizamos a contratação de moradores próximos”, Alê Costa, fundador e CEO da Cacau Show

A empresa, que está sediada aqui do lado, em Itapevi, se tornou ao longo da última década a maior rede de chocolates finos do mundo

Alê Costa iniciou sua jornada empreendedora aos 17 anos, quando fabricou os primeiros ovos de Páscoa e as primeiras trufas. Esse ponto de partida da Cacau Show desbravou um novo nicho de mercado: o de chocolates que unem qualidade e cuidado a preços democráticos. A empresa, que está sediada aqui do lado, em Itapevi, se tornou ao longo da última década a maior rede de chocolates finos do mundo e uma das maiores redes de franquia de alimentação, com mais de 2.100 lojas espalhadas em mais de mil municípios do Brasil – são 11 na região, sendo oito em Barueri e três em Santana de Parnaíba. Alê foi eleito o Empreendedor do Ano 2011 pela Ernst & Young Terco, e foi o único brasileiro a representar o país no circuito mundial da premiação, realizada em Monte Carlo, no Principado de Mônaco. Vale destacar que a Cacau Show também é considerada uma das melhores empresas para trabalhar, segundo a GPTW.

O que influenciou a vinda da fábrica da Cacau Show para a região?

A criação da fábrica em Itapevi partiu de uma decisão pessoal por possuir mais qualidade de vida. Queria conseguir, mesmo com o crescimento da marca, ter tempo com a minha família e acompanhar de perto o crescimento dos meus filhos. Sendo assim, quando me mudei para a região trouxe tudo para próximo.

A empresa é considerada uma das melhores para trabalhar pela GPTW. O quanto esse selo ajuda na atração de mão de obra qualificada?

A Cacau Show naturalmente tem uma alta procura de mercado, pela força da marca e a maneira como é consolidada. Mas, com certeza, um selo como o da GPTW traz muitos outros pontos positivos para o nosso negócio e a visão que o mercado e que os profissionais têm da empresa.

Como está o mercado de trabalho neste setor? Os moradores da região podem contar com novas
oportunidades?

Sim, investimos fortemente na contratação de pessoas que moram no entorno da empresa, dando assim mais oportunidade de trabalho e aumentando a renda e o consumo da região, auxiliando no desenvolvimento da cidade e dos bairros.

A Cacau Show tem algum programa ou algum tipo de requisito para contratar mão de obra local?

Sempre priorizamos a contratação de moradores próximos a Cacau Show. Inclusive, um dos nossos polos é o Instituto Cacau Show que, há 10 anos promove o direito à educação integral de qualidade na cidade de Itapevi/SP, por meio de atividades oferecidas gratuitamente para crianças e jovens de 6 a 18 anos, como língua portuguesa, matemática, artes, esportes e tecnologia. Hoje, cerca de 850 educandos são atendidos semanalmente e mais de 15 mil crianças e jovens passaram pelo ICS desde 2009. Além disso, existe um programa de Jovem Aprendiz onde são fornecidas oportunidades de trabalho dentro de todas as empresas da área, podendo inclusive, ocorrer a efetivação.

Qual sua expectativa para 2021?

Apesar do momento em que estamos vivendo, a marca tem investido fortemente em seus canais digitais, tanto para venda, quanto para comunicação. Então, com base nos resultados de Páscoa, a expectativa é otimista e fecharemos com resultados positivos e maiores do que no ano de 2020


A VERO é Parceira do GPTW e publica anualmente a lista das melhores empresas para trabalhar de barueri e região

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

7 empresários e executivos que acreditam em Barueri

Empresários e executivos falam sobre a cidade no mês em que ela...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *