Uma ajuda para os pais

Uma experiência na família fez Ronaldo Campos notar que compartilhar o conhecimento sobre drogas é essencial para ajudar dependentes

vr200_perfil-social_pagina_1Por meio do Grupo Busque Ajuda, o especialista em dependência química Ronaldo Campos já realizava o trabalho de prevenção às drogas. Mas ainda achava que era pouco. Foi quando ele se uniu à Fundação Eiko Osaka de Moares, mantida por Dimas Moraes, para criar o projeto Iluminar. O objetivo central da nova empreitada é orientar e sensibilizar as pessoas mais importantes no processo de prevenção à dependência química: os pais. A forma encontrada para falar sobre o tema foi a realização de palestras em empresas e escolas, além da publicação de um informativo, distribuído em 11 cidades. E Ronaldo ainda quer mais: “Nosso desejo é criar uma ‘academia para pais’, um lugar onde possamos trocar experiências sobre os desafios na área da educação. Prevenir é chegar antes do problema, e isso envolve mudanças de hábitos da família”. Confira a entrevista com Campos.

O que é o projeto Iluminar?

É uma iniciativa para levar informações sobre como evitar que nossos jovens e adolescentes experimentem drogas ou abusem do álcool. Eles estão experimentando cada vez mais cedo, e precisamos sensibilizar os pais. A média indica um início de consumo entre os 10 e 13 anos de idade junto aos amigos da escola, vizinhos ou parentes. A situação tende a piorar nos próximos anos, e acreditamos que a família tem um poder enorme para enfrentar esta questão, mas não o tem utilizado adequadamente. O medo, a vergonha e até a falta de tempo são fatores que dificultam a tomada de decisões precoces e preventivas na área.

O que o motivou a começar o projeto?

Dos meus quatros filhos, dois experimentaram drogas e um se tornou dependente químico de cocaína. O mais triste desta história é que a nossa família não foi capaz de perceber, precocemente, que havia alguma coisa errada. Passei por essa experiência muito dolorosa e, agora, aceitei o desafio de compartilhar o que sei com outros pais. Só somos capazes de diagnosticarmos um problema se tivemos um mínimo de informações prévias. Quem mais tem chance e poder para resolver o problema das drogas e do abuso do álcool são as famílias. A solução depende de nós, pais e mães. Precisamos nos unir e falar mais abertamente do assunto.

Onde o projeto atua?

Hoje atuamos com palestras em empresas e escolas, mas o que queremos mesmo é criar uma “academia para pais”, um lugar onde possamos trocar experiências sobre desafios na área da educação.

Grupo Busque Ajuda
Alameda Netuno, 59, Centro de Apoio II (no “O Semeador”) – reuniões sextas, às 20h.

Comunidade Terapêutica Filhos da Luz
Av. Rui Barbosa, 3241 – Vila Santa Terezinha – Carapicuíba
Tel: 4181-2089

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

Presentes de Natal: blogueira Paty Scaringella faz wishlist na Debora Matarazzo

Quem não ama presentear? Confira as escolhas da blogueira de Alphaville na...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *