Colégio Pentágono Alphaville é o primeiro colocado do Enem na região

Mais uma vez, o desempenho dos alunos no Exame Nacional do Ensino Médio confirma a eficácia do programa pedagógico oferecido pela instituição

A unidade Alphaville do Colégio Pentágono conquistou a primeira posição entre as escolas de Santana do Parnaíba e Barueri no ranking de classificação do ENEM 2019. O feito confirma os principais compromissos da instituição: a excelência acadêmica e a formação do indivíduo. “Nosso propósito é que, ao final do ciclo básico de educação, nossos estudantes tenham poder de escolha e não apenas liberdade de escolha, podendo dar continuidade à sua formação nas universidades mais concorridas do Brasil ou do exterior”, destaca Pablo Damasceno, coordenador pedagógico do Ensino Médio da unidade.

Para isso, o colégio conta com diferenciais, como o Centro de Desenvolvimento Pentágono, que garante a formação e atualização contínua dos educadores; a coordenação de área, que consiste na nomeação de um especialista para cada disciplina, responsável pelo planejamento do plano pedagógico e a discussão de novas práticas para aulas cada vez mais dinâmicas e atrativas; a implementação de processos contínuos e diversificados de avaliação; a priorização de espaços para intervenção pedagógica no planejamento escolar, dentre outras iniciativas.

Formar integralmente para formar bem

Também merece destaque a ênfase que o Pentágono dá ao aprimoramento das competências socioemocionais: as capacidades individuais que se manifestam na maneira de pensar, sentir e, também, no comportamento ou atitudes que temos ao nos relacionar (com nós mesmos e com os outros). “Trabalhado de forma multidisciplinar, mas com maior enfoque na disciplina de Formação Social, o desenvolvimento dessas competências favorece a tomada de decisões responsáveis, a ampliação de condições para enfrentar desafios e a flexibilidade para buscar diferentes caminhos”, conta Adriana Costa, orientadora educacional dos estudantes dos Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. Além disso, pesquisas vêm demonstrando a relação entre o desenvolvimento socioemocional e o cognitivo e o peso, cada vez maior, que habilidades como a inteligência emocional terão no mercado de trabalho, com o passar dos anos.

Medo da redação? No Pentágono, não!

Seja no ENEM ou nos principais vestibulares, outro ponto que chama atenção nos resultados obtidos pelos alunos do Pentágono é a nota da redação. E o primeiro passo para a construção desse aprendizado é levar o estudante a pensar na escrita como mais uma forma de se colocar no mundo e na importância de se comunicar de maneira adequada por meio dela — tanto com relação à correta aplicação da gramática, quanto no desenvolvimento das ideias e da argumentação do seu ponto de vista sobre determinado assunto. Assim, lá na frente, torna-se possível produzir um bom texto ao exercer uma atividade profissional, ao se comunicar com uma autoridade pública ou para divulgar um artigo acadêmico, por exemplo.

E já que a prática leva à perfeição, ao longo dos três anos do Ensino Médio, os adolescentes escrevem nada menos do que 84 redações. “No processo de elaboração e reformulação de cada uma delas, proporcionamos não somente o debate entre os estudantes, mas também a criação de cenários reais, interdisciplinares e atuais, tornando a experiência muito mais significativa”, destaca Bruno Alvarez, coordenador de Língua Portuguesa dos Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

Av. Pentágono, 1000, (11) 4622-7722, @colegio.pentagono

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

Delícia gelada

Quem não gosta de um sorvetinho? O achado é da nossa leitora...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *