Empresa automobilística de Alphaville ajuda a importar equipamentos hospitalares para o Brasil

A AR70 colocou sua equipe de vendas para atuar com urgência para que equipamentos cheguem rapidamente ao sistema de saúde brasileiro

A AR70, empresa brasileira do setor automotivo, com sede em Alphaville, conseguiu entregar cerca de 300 ventiladores pulmonares invasivos para serem importados e distribuídos ao sistema de saúde do Brasil. O ventilador pulmonar invasivo tem a função anestesia, é certificado pela Anvisa e está tecnicamente em linha com as recomendações dos órgãos públicos competentes, para a assistência aos pacientes do Covid-19. “Negociamos com fabricantes chineses e conseguimos entregar cerca de 300 unidades do ventilador pulmonar invasivo, certificado pela Anvisa. Secretarias de saúde estaduais e municipais já podem adquirir esses equipamentos.”, avisa o CEO da AR70, Alexandre Faustino.

Também foi desenvolvido um ventilador pulmonar de alto fluxo HFNC, fundamental para que pacientes em condições menos graves sejam estabilizados e restabelecidos. A equipe de vendas da empresa também está em contato com diversos estados brasileiros, haja vista que muitos tem tido dificuldades em encontrar fornecedores. “Nosso core business é automóveis, mas estamos mobilizados em desenvolver canais de vendas emergenciais que façam com que os ventiladores cheguem rapidamente ao sistema de saúde brasileiro. Temos a missão de ajudar a população do nosso país”, diz Renato Minnone, Diretor Comercial da AR70.

A necessidade total do Brasil é muito superior à capacidade de oferta disponível. Por isso, a AR70 explica que quantidades menores sejam programadas para embarques semanais. “Alguns estados querem encontrar fornecedores que consigam embarcar milhares de ventiladores de uma só vez. Em função da elevada demanda, porém, é importante assegurar embarques menores e frequentes, pois não será possível encontrar os volumes necessários em um único embarque “, recomenda o Gerente Geral da AR70, Helder de Azevedo.

A AR70 fabrica os produtos automotivos na Zona Franca de Manaus e estuda a possiblidade de montar os ventiladores no Brasil, após a pandemia. “Neste momento caótico, precisamos de velocidade. Por isso, optamos pela exportação dos ventiladores montados diretamente aos estados e municípios brasileiros, sem passar pela estrutura da AR70 do Brasil. Vidas não podem esperar!”, explica Faustino. Além dos ventiladores pulmonares, a AR70 desenvolveu fornecedores e homologou máscaras de uso hospitalar, cirúrgico e pessoal, luvas descartáveis, roupas hospitalares, termômetros com leitura por sensor infravermelho, esterilizadores e detectores de metal e temperatura para entradas de locais com grande circulação, tais como, shoppings, bancos e aeroportos.

Sobre a AR70

Alexandre Faustino e Renato Minnone fundaram a AR70 há 13 anos, em Alphaville, depois de trabalharem como executivos das multinacionais Sony, LG e Siemens. Atualmente, a empresa tem escritórios e fábricas no Brasil, China e Estados Unidos. Desde 2015, a Zona Franca de Manaus fabrica os produtos da AR70, desenvolvidos para as montadoras Volkswagen, Volkswagen Man, Ford, Caoa Chery, Hyundai e Fiat, grandes varejistas e locadoras de automóveis. As empresas do grupo identificam fornecedores, desenvolvem produtos estratégicos, oferecem avanços em tecnologia para o setor automotivo e, em função da pandemia Covid19, aprovaram a criação de uma unidade de negócios totalmente voltada ao desenvolvimento e fabricação de equipamentos médicos.

Compartilhe
Escrito por
Leia mais de vero

TEMPUR® lança nova linha de colchões com efeito memória e design contemporâneo

A marca trabalha com uma espuma especial que se adapta ao corpo...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *